março 30, 2016

#HelpSummer: Se convencendo a se permitir

 
  Você estava se convencendo que não queria mais gostar de ninguém para não "quebrar a cara" com um sentimento novo por uma pessoa nova, mas aí super no nada me aparece alguém que muda isso e te pega de surpresa. Bem louco.
   Você agora se encontra numa posição bastante complicada onde o sentimento está bem ali e você quer fingir que nada está acontecendo mas ao mesmo tempo quer viver aquilo, e sua mente começa a gritar que pode não dar certo e não ser aquela história de amor super legalzinha como você pensa que todo mundo vive, muito pelo contrário. 
   O que fazer? O primeiro questionamento que aparece quando percebe a situação; a resposta é a seguinte: Não existe resposta correta! Isso mesmo que você leu! Estava pensando que eu ia chegar aqui e te dar uma fórmula pronta sobre como passar por isso me desculpe, mas se enganou.
   Estou aqui para te ajudar sim, mas é tão complicado para mim quanto para você; ou pensa que eu nunca passei por essa situação? Muito pelo contrário.
   Está certo, vamos ao que interessa: Nenhuma relação que realmente envolva um sentimento será fácil, principalmente o amor. Porém se blindar contra os sentimentos só porque em algum momento da sua vida alguém não te fez bem não é a solução para nada. Você precisa se permitir sentir e viver; tudo com calma e pensando bem no que está fazendo é claro.
   O fato de não existir uma resposta correta para o questionamento se deve se envolver ou não é porque além de cada pessoa sentir de uma forma diferente cada situação é uma situação e o amor as vezes aparece nos momentos em que menos queremos ele.
   Comece amando a si mesmo que aos poucos conseguirá superar situações amorosas difíceis e/ou conseguirá lidar bem com esse sentimento novo, porque não existe essa de que na segunda vez que se ama o amor se torna mais fácil, muito pelo contrário, ele pode ser mais difícil porque você pensa que já sabe lidar com ele sem contar que é uma nova história com uma nova pessoa (ou talvez com alguém do seu passado).
   Mas enfim, se permita por isso é a chave da felicidade, se permitir viver!

0 comentários:

Postar um comentário

Oi galera, obrigado pela visita e comentário aqui no blog, fique a vontade para dizer o que pensa e volte sempre ;-D